Saúde e sabor com as especiarias

slide
  • Porções : 5 Porções
  • Tempo de confeção : 40 min.
Ver Vídeo
Misericórdia: São João da Madeira
Família: Resende

Pescada no Tacho

Ingredientes

  • 5 postas de pescada para cozer
  • 6 batatas médias
  • 1 pimento, cortado em fatias
  • 2 dentes de alho, picados
  • 1 cebola, cortada em rodelas
  • 2 tomates maduros
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1 cálice de vinho branco
  • pimenta rosa q.b.
  • colorau q.b.
  • salsa q.b.
  • Opcional: 0,5g (cerca de um quarto de colher de café) de sal

Informação nutricional
(por porção):

Energia
317 kcal
(16 % DR*)
Proteína
28,7 g
(57 % DR)
Hidratos de carbono
35,1g
(14 % DR)
Lípidos
5,8 g
(8 % DR)
Lípidos dos quais saturados
0,8 g
(4 % DR)
Sódio
236 mg
(12 % DR)
Fonte de potássio, vitamina C, niacina, vitaina B6, fósforo, folato, tiamina, vitamina B12, vitamina D, magnésio, vitamina E e vitamina A.
*DR – Dose de Referência     [+]

Modo de preparação

  • Dispor os alimentos em camadas num tacho, regar com vinho branco, temperar com azeite e colorau.

  • Deixe cozer, em lume brando, com o tacho tapado, cerca de 15 a 20 minutos após levantar fervura.

Curiosidade Nutricional

Saúde e sabor com as especiarias

As especiarias são ingredientes cuja utilização aumenta o aroma e sabor dos alimentos, sendo bons aliados na redução da adição de sal! Além disso, contêm valiosos micronutrimentos, pelo que a sua aplicação na culinária está associada a efeitos benéficos na saúde. Se forem moídas na hora, uma pequena quantidade de especiarias, confere muito sabor, o que poderá ser particularmente interessante em pessoas com maior sensibilidade gástrica e intestinal.

Saber Mais

As especiarias são uma parte importante da história, tendo desempenhado um papel essencial no desenvolvimento da maioria das culturas no mundo. A colonização europeia da América, África e Ásia, durante os séculos XV a XVII, espalhou e diversificou a utilização de especiarias pelos quatro cantos do planeta.

As especiarias são ingredientes cuja aplicação tem como intenção exponenciar o aroma e sabor dos alimentos. Encontram-se na forma desidratada, podendo ser moídas ou apresentadas inteiras.

Estes condimentos contêm micronutrimentos e outros compostos biologicamente ativos (tais como antioxidantes). Alguns estudos indicam que a utilização de especiarias está associada a efeitos benéficos na saúde, devido às suas propriedades antioxidantes, anticarcinogénicas e anti-inflamatórias.

Para além destes benefícios, a utilização de especiarias em receitas pode ter como objetivo a substituição parcial ou completa de ingredientes menos desejáveis como o sal, ou a gordura em excesso, podendo ser aplicadas em marinadas e molhos, ensopados, sopas, caldeiradas, entre outros métodos culinários presentes no padrão alimentar mediterrânico, e melhorar a apetência de pratos que incorporam uma maior proporção de produtos vegetais. Se forem moídas na hora, uma pequena quantidade de especiarias, confere muito sabor, o que poderá ser particularmente interessante em pessoas com maior sensibilidade gástrica e intestinal.

Esta caldeirada, para além de ser um exemplo por excelência da aplicação das especiarias, é também um exemplo de uma receita saudável. Trata-se de uma preparação culinária onde os alimentos se cozinham nos seus próprios sucos e se privilegia a adição de produtos hortícolas, com pouca quantidade de carne ou peixe, temperados essencialmente com azeite e condimentados com ervas aromáticas.

O azeite, componente tipicamente associada ao padrão alimentar mediterrânico, é uma fonte primordial de ácido oleico e de outros ácidos gordos importantes na alimentação humana. O seu consumo tem vindo a ser associado a um incremento da capacidade antioxidante, oriunda de componentes como vitamina E, carotenoides e compostos fenólicos, e consequente diminuição do risco cardiovascular, destacando-se ainda estudos que o referenciam como influência favorável face à diminuição do risco de desenvolvimento de doenças neurodegenerativas.

  • Bibliografia:
  • - Garcia-Casal MN, Pena-Rosas JP, Malave HG. Sauces, spices, and condiments: definitions, potential benefits, consumption patterns, and global markets. Ann N Y Acad Sci 2016;1379:3-16.
  • - Pinho I, Rodrigues S, Franchini B, Graça P. Padrão Alimentar Mediterrânico: Promotor de saúde. Lisboa: Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável, Direção-Geral da Saúde; 2016.
  • - Tapsell LC, Hemphill I, Cobiac L, et al. Health benefits of herbs and spices: the past, the present, the future. Med J Aust 2006;185:S4-24.
Logo